Agenesia dentária ... o que é?


Agenesia dentária é a ausência de um dente por falta de formação do mesmo. A origem da agenesia dentária pode ocorrer por uma falha na proliferação e/ou diferenciação da lâmina dental ("Lamina dental" é o tecido responsável pela formação dos dentes).

Quando ocorre, afeta principalmente a dentição permanente sendo rara na dentição decídua (dentes de leite). A genética parece ser a causa mais comum, portando se há casos na família fique atento durante a troca de dentes do seu filho.

A agenesia pode envolver qualquer dente da arcada, sendo mais freqüente a dos terceiros molares (sisos), seguida dos segundos pré-molares e incisivos laterais superiores. Idependentemente do dente envolvido, pode ocorrer em apenas de um dos lados da arcada ou bilateralmente.


O diagnóstico em idade precoce, permite ao profissional e aos pais considerar maior número de possibilidades disponíveis para o tratamento da condição. O sinal clínico mais freqüente da agenesia é o atraso na queda do dente de leite antecessor. E a confirmação se dá por meio de radiografia onde pode se observar a ausência do germe do dente permanente.

Basicamente existem duas maneiras de tratar a agenesia. O espaço do dente não-formado pode ser mantido para posterior reabilitação com implante e prótese na idade adulta (quando cessar o crescimento) ou então o espaço pode ser fechado com uso de mecânica ortodôntica. O Ortodontista irá avaliar qual a opção mais indicada para cada caso baseado nas carcterísticas dentárias, faciais e no número de dentes envolvidos.

Saiba mais em nosso artigo: Considerações Biomecânicas em casos de agenesias de segundos pré-molares inferiores.

#Agenesiadentária